20/11/2020

Opinião | "Stars - A Lua Mais Escura" de Anna Todd

 

Li o primeiro em 2018 quando a autora veio a Portugal pela primeira vez a uma sessão de autógrafos com os fãs, mas não lembrava de muito sobre esta história. Tive que ir ler alguns capítulos finais para relembrar e então iniciei esta leitura. A Lua Mais Escura é uma continuação direta do primeiro livro, por isso sim, é necessário lerem o anterior para compreenderem esta trama. Iniciei a leitura com grandes expetativas e queria saber mais sobre o romance entre os dois protagonistas, mas não foi bem o que encontrei. Neste segundo livro a autora foca-se muito mais nos personagens secundários e na vida militar no que propriamente no romance. Não é um aspeto negativo, até foi interessante perceber melhor a vida dos militares, só não foi exatamente o que esperava.

Esta continuação mostra o que aconteceu após a Karina descobrir que o Kael escondeu algo dela e ajudou o seu irmão a conseguir algo que ela não queria. É basicamente ver como ela lida com esta situação e de que forma vai (ou não) superar esta escolha do irmão. O livro é bem curto, mas ainda temos bem presente a história de vários personagens secundários, uma delas é a amiga da Karina que está grávida e tem o marido longe numa missão e ela está sozinha a ultrapassar tudo. Também temos outros personagens com histórias interessantes que mostram ao leitor como é viver no meio militar.

Sobre o Kael e a Karina achei que a autora poderia ter aprofundado muito mais a relação dos dois, temos um desenvolvimento bastante lento e cauteloso. Eles sabem que precisam um do outro, mas vemos que ao longo do livro estão sempre a fugir e a lutar para ficarem separados. Aqui é uma abordagem mais adulta que Anna Todd já habitou no primeiro volume, mas que sinceramente queria muito mais porque eu gosto tanto destes personagens que acho que mereciam um maior desenvolvimento. 

Uma coisa interessante é que eu gosto da Karina, mas em alguns momentos neste livro fiquei irritada com ela, compreendo a sua preocupação e medo pelo futuro do irmão, mas é uma escolha dele. Não é que ela deveria concordar, mas o Kael não tem culpa do que o irmão dela decidiu e basicamente ela coloca as culpas todas no Kael e não vê mais nada para além disso. Já o Kael cheguei a um ponto do livro que só queria entrar na história e gritar com ele para ele parar de ser totó e correr atrás da mulher que ele quer. Foram momentos durante a leitura que fiquei bastante nervosa e irritada com estes personagens, mas isto é uma das melhores características da autora, mesmo se gostem ou não dos livros de Anna Todd, o que ela tem de melhor é colocar várias emoções no leitor, isso ela faz maravilhosamente bem e eu adoro!

Mas, na minha opinião, este segundo livro não é tanto sobre Karina e Kael, mas sim sobre a vida militar e como diferentes pessoas vivem esta vida. Sabemos que ser mulher, pai ou filho de um militar não é nada fácil e aqui a autora mostra tudo, desde a dor da perda, a dor de não saber se vai voltar, a dor de um trauma e muito mais que faz com que esta vida é bastante complicado e que é muito difícil aceitar querer fazer parte. Ao longo do livro temos alguns personagens que vão apresentado a sua história e mostrando ao leitor o quanto isso é difícil. A história da Elodie é uma das minhas favoritas, ela é uma jovem que mudou de país por amor, mas agora grávida e sem o marido, apenas a ajuda dos amigos a faz lutar todos os dias. A história dela é muito interessante, mas admito que fiquei um pouco chocada com a parte final do livro, não sei de que forma isto vai ser desenvolvido no próximo livro, mas fiquei bastante curiosa e ansiosa por conhecer mais.

A Lua Mais Escura é uma continuação onde mostra os personagens a seguirem em frente mesmo que as escolhas não sejam as que o leitor quer. Uma história onde o amor e o perdão nem sempre andam juntos, mostrando o lado mais frágil e humano destes personagens. Um romance sobre lutas, amor, família, a vida militar e tudo o que vem daqui. Estou sim muito curiosa para o terceiro livro para saber como tudo vai terminar e o que a autora reservou para estes personagens.


Leitura com o apoio:

Sem comentários:

Publicar um comentário

Aqui podem deixar todos os comentários e prometo que responderei o mais rápido possível.

Comentários que não são construtivos não serão aceites.