08/04/2019

Opinião | "O Regresso da Duquesa" de Sarah MacLean

Título: O Regresso da Duquesa
Autor: Sarah MacLean
ISBN: 9789898917744
Edição ou reimpressão: 03-2019
Editor: TopSeller
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 229 x 23 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 352

Sinopse: Malcolm Bevingstoke, o Duque de Haven, viveu os últimos três anos numa grande solidão, pagando por um erro que o levou a perder o seu grande amor. Mas o ducado de Haven precisa de um herdeiro, o que significa que Malcolm tem de casar até ao fim do verão. Há apenas um problema: ele já tem uma mulher…
Depois de anos no exílio, Seraphina, a Duquesa de Haven, regressa a Londres com um único objetivo: pedir o divórcio a Malcolm e livrar-se do homem que lhe partiu o coração. Só que Malcolm nunca esqueceu Seraphina e está determinado a reconquistá-la. Para ganhar algum tempo, concorda em conceder-lhe liberdade, mas com uma condição: ela terá de o ajudar a encontrar uma nova mulher.
Malcolm tem apenas um verão para convencer Seraphina de que é possível esquecer o passado e reacender a grande paixão que os unia.
Será que ela lhe conseguirá resistir?

OPINIÃO:
Quando vi o lançamento deste livro eu nem sequer li a sinopse. Quando é Sarah Maclean eu já sei que vou adorar e por isso nem tinha percebido qual eram as personagens principais. Quando li os dois livros anteriores desta série já conhecia por alto um pouco destas personagens e quando o livro chegou e percebi que eram estes dois ainda fiquei mais ansiosa para o ler e conhecer a história deles. Como eu já esperava, a autora não desiludiu, novamente a história foi fabulosa e prendeu-me completamente do início até ao fim, tal como esta autora já habituou-me.

O Regresso da Duquesa conta a história de Seraphina e Malcolm que foram obrigados a casar após serem encontrados numa situação comprometedora. Malcolm acredita que foi Seraphina planeou tudo para casar com ele e a partir daí tudo corre mal. Pouco tempo depois, Seraphina decide fugir do seu marido e agora, anos depois, está de volta para pedir o divórcio de forma a ela conseguir seguir com a sua vida e também para que Malcolm possa voltar a casar e ter um herdeiro com uma nova esposa. Acontece que nesta altura era muito difícil conseguir-se o divórcio, fora que Malcolm nunca a esqueceu, mas ela está disposta a tudo para conseguir o que pretende.

Um dos aspetos mais interessantes deste livro é que é super divertido, o nosso protagonista aceita dar o divórcio à mulher, mas com uma condição, ela terá que escolher a sua próxima noiva. Com isto já imaginam as cenas hilariantes que temos por aqui, o Malcolm convida algumas jovens para a sua residência e a Seraphina terá que as "avaliar" e escolher a que acha a "mais adequada". Claro que isto tudo não passa de um plano para ele passar mais tempo com a sua mulher e conseguir conquistá-la, mas é tão divertido ver como ela tenta que o marido escolha uma outra mulher, quando ela mesma ainda não o esqueceu.


Outro aspeto que gostei imenso neste livro é que a história está contada um pouco diferente do que estou habituada. Aqui eles já estão casados e ao longo do livro é mostrado ao leitor o que aconteceu no passado para que chegassem ao que são atualmente e foi bastante criativo e diferente do que estou habituada. O livro pode sim ser lido de forma independente, mas aviso já que vão ganhar spoilers principalmente sobre o primeiro desta série (Acordo com o Marquês). Acredito que as informações do primeiro livro é o que abre as portas para este romance, admito que iniciei esta leitura com uma opinião bastante negativa do Duque de Haven, mas ao longo do livro percebemos realmente o que aconteceu e a minha opinião alterou-se de uma forma bastante positiva e esta alteração foi outro aspeto que fez com que tenha gostado tanto desta história.

Tenho que dizer que gostei imenso da Seraphina, ela era uma jovem que obedecia à mãe e bastante recatada e ao longo do livro é notório o quanto ela evoluiu durante os anos tornando-se numa mulher forte e decidida. A verdade é que ficamos a saber que ela passou por algumas situações bastante fortes e tristes, o que fez com que ela tivesse que amadurecer sozinha. As partes mais divertidas eram, sem dúvida, as iterações com as irmãs que são partes do livro mais cómicas, realmente eu adoro estas irmãs cheias de vida! Já o Duque de Haven, admito que no início irritou-me em algumas partes, mas rapidamente conquistou-me completamente. Notamos que ele está bastante arrependido e que durante os anos que a Seraphina esteve desaparecida ele tentou de tudo para a encontrar. Ele é bastante esperto e adorei todas as artimanhas que ele arranjou para mostrar que ainda amava.

Sarah Maclean é aquela autora que eu sei que adoro os seus livros, mas neste em específico foi uma autêntica surpresa pela inovação, não só na forma de contar a história, como também em colocar temas inovadores para esta altura, como o divórcio. Aqui podem encontrar um romance arrebatador, tem partes muito divertidas que dá para dar boas gargalhadas, mas também retrata um tema forte e que eu emocionei-me bastante. Sobre dar uma segunda chance, perdão, amor e laços familiares, este é um livro bastante completo, ideal para quem gosto de romances do género, mas também para quem quer uma leitura divertida com um romance forte e uma pitada de assuntos sérios.

Opinião dos livros anteriores desta série:

Leitura com o apoio:

Sem comentários:

Publicar um comentário

Aqui podem deixar todos os comentários e prometo que responderei o mais rápido possível.

Comentários que não são construtivos não serão aceites.