13/02/2019

Opinião | "Prometo Não Te Seduzir" de Tessa Dare

Título: Prometo Não Te Seduzir
Autor: Tessa Dare
ISBN: 9789898917645
Edição ou reimpressão: 02-2019
Editor: TopSeller
Idioma: Português
Dimensões: 151 x 228 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 304

Sinopse: Ele tem sido um grande libertino…
Depois de perder o seu sustento, Alexandra Mountbatten assume um cargo impossível: transformar duas órfãs rebeldes em damas autênticas. No entanto, não é de disciplina que as crianças precisam. Elas precisam de um lar com amor.
Mas como irá Alexandra convencer disso o guardião delas, Chase Reynaud?
Chase é herdeiro do duque e um verdadeiro demónio no que toca a assuntos amorosos. Várias senhoras de Londres tentaram fazê-lo assentar, mas falharam redondamente.
Agora uma precetora vai dar-lhe uma lição.
Como qualquer libertino que se preze, Chase vive de acordo com uma regra: não se apaixonar. Quando uma precetora obstinada tenta corrigir o seu comportamento, Chase decide provar-lhe que não pode ser domado.
Contudo, Alexandra é inteligente, perspicaz e apaixonante, excedendo as expetativas de Chase. E recusa-se a vê-lo como uma causa perdida, sentindo que deve alcançar o coração dele.
Mas conseguirá ela proteger o seu?


OPINIÃO:
Tessa Dare é aquela autora ideal para uma leitura rápida que vai prender logo desde o início e este não foi diferente, foi fantástico e adorei cada capítulo. Eu adorei bastante este livro, alguns aspetos são sim bastante idênticos a muitos outros e sabemos como vai terminar, mas eu adoro estes livros assim e o que realmente importa é o desenvolvimento da história e ler como tudo vai terminar. Nesta história não só temos protagonistas fantásticos, mas algo bastante diferente é que temos duas crianças como personagens secundárias que rapidamente vêm para primeiro plano e que passam a ser o tema mais importante ao longo desta trama.

Prometo Não Te Seduzir traz-nos a história da Alexandra, uma jovem que trabalha para sobreviver, numa visita a um cliente, recebe uma proposta de ajudar a ensinar duas crianças a saberem estar na sociedade. No início Alexandra não aceita, mas quando perde o seu principal equipamento do seu trabalho, vê-se sem condições de continuar a fazer o seu trabalho e com isso sabe que não terá sustento, assim aceita a proposta do duque. Claro que este novo trabalho não vai ser fácil, Alexandra rapidamente percebe o porquê do duque estar tão ansioso para arranjar uma nova candidata ao cargo e tem um grande trabalho a lidar as meninas. Fora isso, ela e o duque desde o primeiro contacto que têm uma atracão gigantesca que só vai aumentando de dia para dia.

Alex é uma personagem bastante forte, afinal de contas ela só depende dela mesma e ao contrário de outros livros deste género, ela pertence à classe mais baixa e por isso tem que trabalhar para poder ter o básico. Além disso, esta personagem também é super meiga e doce que após conhecermos o passado dela até pode parecer que não faz sentido, mas pelo contrário, só faz admirar ainda mais esta personagem. Já o Chase, admito que no início foi difícil gostar dele, não era nada bonito ver o que ele queria fazer com o seu futuro. Mas ao longo do livro ele próprio vai mudando e comecei a percebe-lo melhor, o seu passado também influencia um pouco a história, mas até posso dizer que no inicio fiquei um pouco desiludida, rapidamente mudei de ideias quando percebi o principal ponto deste romance. Realmente não era necessário um grande drama na história do personagem masculino quando temos uma personagem feminina com um passado tão interessante e diferente e duas crianças que são o plano principal.

O aspeto que mais gostei deste livro foi a forma divertida como a autora retratou estas duas crianças. Fartei-me de rir com todas as partidas que faziam e cada nova era mais divertida que a outra. A Alexandra e o Chase ambos têm um passado, mas esta duas crianças foi a história mais intensa, as atitudes delas têm uma explicação e é bastante triste, cheguei ao ponto de querer matar o Chase e apenas entrar no livro e abraçar estas duas personagens tão queridas. A mais velha é super protetora com a irmã mais nova e apenas quer o melhor para ela, claro que o que ela faz não é o melhor, mas é apenas uma criança que quer ser amada e quando percebemos a história delas apenas queremos acarinhar e percebemos. Fora as ideias malucas que a Alex tem para as fazer estudar faz com que o leitor farte-se de rir e olha que a autora foi bem criativa, afinal existe formas diferentes para ensinar uma criança e o estudo até pode ser divertido e aqui temos exatamente isso. As ideias da Alexandra eram fantásticas e as crianças pensavam que estavam a brincar e quando menos percebiam estavam a estudar.

O romance em si dos personagens principais não é propriamente novo, mas aquilo que faz com que este livro seja maravilhoso são estas duas crianças. Elas são maravilhosas e é realmente o foco principal. A relação entre a Alexandra e o Chase é muito bonita, é intensa e a história de ambos só faz com que torcemos ainda mais pelos dois. Depois temos a relação dos dois com as crianças e ao longo da história vemos o quanto a relação dos quatro vai evoluindo e é simplesmente lindo de se ler. Outro aspeto que achei curioso foi a própria Alex, a autora conseguiu trazer um aspeto novo que acho que nunca tinha lido em nenhum outro livro do género e foi bastante criativo e interessante.

A história é muito bonita, o plano familiar e a forma como ultrapassam problemas do passado é o que torna este livro tão interessante. A escrita da autora eu já conheço à alguns livros e como tal eu já sabia que seria super cativante, é aquele tipo de escrita que é fácil, mas ao mesmo tempo traz todos os pormenores necessários, focando no que é mais importante. Este é aquele livro romântico, fofinho e que vai deixar um sorriso enorme no rosto, ideal para quem precisa de ler algo divertido, com um toque intenso e sensual. 

Opinião do livro anterior desta série:

Leitura com o apoio:

Sem comentários:

Publicar um comentário

Aqui podem deixar todos os comentários e prometo que responderei o mais rápido possível.

Comentários que não são construtivos não serão aceites.