04/10/2018

Opinião | "Um Casamento Conveniente" de Tessa Dare

Título: Um Casamento Conveniente
Autor: Tessa Dare
ISBN: 9789898917263
Edição ou reimpressão: 09-2018
Editor: TopSeller
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 230 x 22 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 320

Sinopse: Da autora romântica bestseller que conquistou as leitoras portuguesas
Vencedora do Prémio RITA para Melhor Romance Histórico
Objetivo número um: ter um herdeiro.
Desde que o Duque de Ashbury regressou da guerra com o rosto desfigurado, a única coisa que o move é deambular pela cidade de Londres durante a noite e assustar todos com quem se cruza. Só que agora tem um problema: precisa de um herdeiro.
Objetivo número dois: casar.
Mas com regras bem definidas.
Quando Emma Gladstone, uma simples costureira, aparece em casa de Ashbury para lhe exigir um pagamento em dívida, este aproveita a ocasião e faz-lhe uma proposta de casamento. Mas impõe certas condições: deverão encontrar-se sempre às escuras, e apenas para conceberem um filho. Assim que Emma engravidar, deverá partir para o campo, e nunca mais se voltarão a ver.
Objetivo número três: não quebrar nenhuma das regras anteriores.
Ashbury e Emma casam-se. Emma, porém, é uma mulher determinada e também tem as suas próprias regras. E a principal é conhecer o marido. Permitirá Ashbury que Emma o veja realmente? E conseguirá ele impedi-la de se apaixonar?

OPINIÃO:
Este livro é daqueles livros que eu sei logo de início que vou adorar, afinal é Tessa Dare e a forma como a autora desenvolve estas histórias super fofinhas e com uma pitada de drama faz com que o leitor fique completamente preso ao livro. Para aqueles já leram vários livros de Tessa Dare podem chegar a um ponto e pensarem que é mais ou menos o mesmo, mas enganem-se, a autora é mestre a desenvolver tramas que têm sempre um pano de fundo original e diferente.

A premissa deste livro é simples, um Duque com marcas feias no rosto que precisa de casar e ter um herdeiro e uma jovem que infelizmente não teve muita sorte e que apenas quer ser feliz. Se acharam alguma parecenças com uma história tão conhecida por aí, pois bem, parece que sim e acreditem, é fantástica. Esta espécie de reconto é tão interessante que ficamos desde o início super apegados aos personagens e ás suas histórias. Tal como aconteceu em todos os livros da Tessa eu li bastante rápido e chego sempre ao fim com a sensação que quero muito mais.

As personagens deste livro são um pouco diferentes do que estamos habituados em romances como estes. A Emma é uma simples costureira que teve que lutar muito para conseguir ter o que tem hoje, é uma mulher guerreira e determinada, que teve que aprender com as dificuldades da vida a tomar conta de si mesma. Mesmo assim, tem um coração enorme e é uma personagem bastante querida e gentil. Eu adorei a Emma, o seu passado não foi fácil e quando descobrimos tudo o que ela passou só queremos que ela finalmente tenha o seu "felizes para sempre".


Já o Ashbury é um homem com enormes marcas visíveis no corpo devido à guerra. Mas como sabemos, o pior destas situações são as marcas internas. Quando ele voltar da guerra neste estado ele foi rejeitado pela noiva, o que apenas piorou a sua situação psicológica. Devido a isto é notório o quanto ele sofre, ele era um homem cheio de vida e agora nem consegue-se ver ao espelho a si mesmo. Mas ele tem um problema, precisa de um herdeiro, para isso precisa de casar. Devido à rejeição da ex-noiva ele pensa que todas as mulheres pensam o mesmo dele e a melhor situação que ele arranja é fazer um acordo com uma mulher. Eu no início irritei-me com este personagem, é verdade que ele tinha os seus problemas internos, mas ao mesmo tempo que apetecia bater-lhe por ser tão parvo, outras vezes apetecia pegar nele e dizer que estava tudo bem. Ashbury é um personagem bastante interessante, porque se no início parecia que o problema estava na sua imagem, é notório ao longo do livro que os seus problemas vão muito mais para além disso e é lindo ver como, pouco a pouco, a Emma vai libertando-o das suas inseguranças.

É um romance bastante intenso, a química entre os dois é algo surreal e bastante instantânea, que pode não parecer, mas é tão incrível que eu adorei. Um dos aspetos que mais gostei neste livro foi sem dúvidas as tentativas da Emma de se aproximar emocionalmente ao Ash, sempre que ela tentava ele dava para trás e chegava a ser um verdadeiro monstro, mas a Emma nunca desistia, mostrando que ele é muito mais do que apenas a aparência.

Um Casamento Conveniente é um romance rápido, com uma escrita bastante bonita que retrata assuntos sérios, mas que ao mesmo tempo a autora conjuga com cenas super cómicas. Falar de aparência, seja qual for o século, é óbvio que é sempre um assunto complicado, porque obviamente não é apenas isso e entra também a parte psicológica e Tessa Dare conseguiu isso de uma forma esplêndida, tocando nos pontos certos, nos momentos certos. É sem dúvida um livro que recomendo imenso, não só para quem já conhece a autora, mas também para quem nunca leu nada dela, afinal este é o primeiro livro de uma nova série e acredito que vão adorar, pelo menos eu já estou super ansiosa pelo segundo.

Leitura com o apoio:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Aqui podem deixar todos os comentários e prometo que responderei o mais rápido possível.

Comentários que não são construtivos não serão aceites.