11/04/2016

Opinião | "O Pacto" de Elle Kennedy

Título: O Pacto
Autor: Elle Kennedy
Edição/reimpressão: 2016
Páginas: 444
Editor: Suma de Letras
ISBN: 9789896650728
Coleção: Off-Campus
Dimensões: 150 x 230 x 34 mm
Encadernação: Capa mole

Sinopse: Hannah Wells encontrou finalmente aquela pessoa. Segura e confiante em todas as outras facetas da vida, enfrenta uma série de receios e inseguranças no que toca a sexo e sedução. Se quiser prender a atenção da sua nova conquista terá que sair da zona de conforto... Mesmo que tal signifique ter que aturar o arrogante e infantil capitão da equipa de hóquei... E vai ser tão bom. Ser jogador de hóquei profissional foi tudo o que Garrett Graham sempre quis, mas as notas de final de formatura ameaçam deitar tudo por terra este sonho, pelo qual tanto tem lutado.
Se ajudar uma morena, muito gira e cheia de sarcasmo, a fazer ciúmes a outro lhe garantir a posição na equipa, que seja! Mas um inesperado beijo leva-os às cenas de sexo mais incríveis das suas vidas, e não vai levar muito tempo até que Garrett perceba que fingir não será o caminho... Terá, sim, que convencer Hannah de que o homem que ela procura se parece em tudo com Garrett.

Opinião:
Assim que vi que a Suma de Letras iria publicar este livro eu sabia que o teria que ter. O Pacto é um new adult e este é o meu género literário favorito, mas tenho que admitir que os autores deste género, por vezes vão por um caminho bastante cliché que já li em muitos outros romances. Mas Elle Kennedy conseguiu construir uma história bastante interessante onde ultrapassou os clichés iniciais e assim conseguiu inovar e trazer algo bastante interessante que eu adorei imenso.

Este livro traz a história da Hannah, uma jovem que foi violada quando era mais nova (não é spoiler, podem saber isto nos primeiros quatro parágrafos do primeiro capítulo, logo na primeira página) e por isso não consegue ser feliz em nenhuma relação que já teve e isso só faz com que essas mesmas relações terminem. Mas Hannah sente uma atração pelo jogador de futebol da faculdade já à algum tempo, mas não sabe como fazer para que ele a note. Garrett é o capitão da equipa de hóquei da faculdade e o seu sonho é ser jogador profissional deste desporto, mas pode perder tudo quando as suas notas baixam e quando ele vê que uma jovem rapariga da sua turma teve a nota máxima no exame que ele teve negativa, faz de tudo para que ela seja sua explicadora e o ajude a subir a nota no próximo exame. Mas o que ele não esperava é que Hannah dissesse que não, afinal ela já tem muito trabalho e não quer ter nada a ver com o capitão da equipa de hóquei, mas quando Garrett descobre que ela tem uma paixão pelo jogador da equipa de futebol, ele faz-lhe uma proposta, ela ajuda-o a subir a nota e ele irá fazer com que ela seja mais popular e assim o jogador de futebol a note.

Neste livro é possível verificar logo duas grandes diferenças comparando com outros do mesmo género, primeiro é que o foco principal não é descobrir o trauma do passado da personagem principal, desde o início sabemos o que acontece e isso não é o que vai fazer a história, a segunda diferença é que nenhum dos personagens iniciam o livro com uma atração pelo outro, pelo contrário, ela está interessada noutra pessoa e ele simplesmente quer ter melhor nota. Logo aqui é um plus a mais para que eu gostasse tanto do livro, achei genial a autora não ir pelo caminho tradicional e conseguir construir uma boa história a partir daí.

Relativamente às personagens são super bem escritas e bem elaboradas. A Hannah é uma rapariga que já sofreu imenso no passado e ainda hoje não conseguiu esquecer o que lhe aconteceu, mas isso não a impede de seguir os seus sonhos e ir atrás do que quer. Ela é uma rapariga decidida e lutadora que apenas deseja deixar o passado para trás e seguir em frente com a sua vida. Já o Garrett é um rapaz apenas com um desejo em mente: conseguir ser profissional de hóquei e ser melhor que o pai, que é uma estrela de hóquei bastante conhecida, por isso luta todos os dias para conseguir alcançar o seu sonho e faz de tudo para que nada o impeça, por isso nunca se interessou em namorar, ele apenas diverte-se com as raparigas que lhe aparecem à frente e elas sabem o que lhes esperam, ele não mente e nem dá esperança. Ele não tem uma relação muito boa com o pai e por isso refugia-se no hóquei e na faculdade, dá sempre o seu máximo em tudo para no fim conseguir alcançar o que pretende.

São dois personagens bem diferentes e que até podem achar o Garrett o personagem cliché que é o "bad boy da faculdade que não namora", mas depois que o conhecem, ele tem muito mais que isso e surpreendi-me imenso com a sua história. Obviamente que isto vai dar algo a mais do que apenas uma explicação, mas novamente a autora surpreendeu-me ao fazer com que este livro seja diferente, pois depois não temos a rapariga atrás do rapaz, mas sim o contrário. Basicamente acho que o livro tem duas partes, a primeira que é quando fazem o pacto e tudo se inicia e a segunda parte que é quando o pacto chega ao fim e ele percebe que algo mudou e que aquilo não chega.

É uma história super envolvente e a escrita é bastante fluída que eu não conseguia parar de ler e queria saber mais sobre estes personagem. Devido à escrita ser tão fluída e simples, faz com que a leitura não se torne cansativa, mas sim bastante agradável e rápida. Mesmo com alguns temas bastante fortes a autora construir um romance leve e até bastante divertido que nos faz rir, chorar, mas principalmente amar as personagens e as suas história.

Mas o mais importante que eu retiro deste livro é que ele mostra a realidade de muitos jovens no dia de hoje, infelizmente existem muitas raparigas, e rapazes também, que são agredidos e violados, a maioria dos casos não denunciam por medo e vergonha, noutros casos não é encontrado o culpado e em outras situações o culpado é dado como inocente por falta de provas. Não acreditam? Pois é verdade, nem sempre a voz da vítima chega e os culpados saem impunes e continuam a sua vida sem nenhuma consequência, infelizmente isto acontece inúmeras vezes e este livro mostra todas as consequências disso, desde o nível psicológico da vítima, até a vida que os familiares levam a partir daí. Este é um tema que ainda é pouco falado e a forma como a autora retrata este tema é fabuloso e eu gostei bastante, pois não foi o ponto principal da história, mas mostrou o mais importante para compreender toda a situação.

O Pacto é um romance new adult, com temas bastante importantes que devem ser discutidos mais frequentemente, mas acima de tudo é uma história de superação, aceitação e de luta. Um romance que recomendo imenso a quem gosta do género e acredito que não vão adorar. Por fim, apenas desejo que a editora traga os restantes livros da série, são com outros personagens, mas acredito que sejam tão bons quanto este!
Leitura com o apoio:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Aqui podem deixar todos os comentários e prometo que responderei o mais rápido possível.

Comentários que não são construtivos não serão aceites.