07/06/2019

Opinião | "Mil Beijos" de Tillie Cole

Título: Mil Beijos
Autor: Tillie Cole
ISBN: 9789897800894
Edição ou reimpressão: 05-2019
Editor: Quinta Essência
Idioma: Português
Dimensões: 156 x 233 x 25 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 368

Sinopse: Um rapaz. Uma rapariga. Um elo que se forma num segundo. Um amor que nem o tempo ou a distância poderão destruir, pois é eterno…
O jovem Rune Kristiansen está de regresso a Blossom Grove, na Georgia. Foi nessa pacata vila que, com apenas cinco anos, conheceu o amor da sua vida: Poppy Litchfield. Foi lá que cresceram juntos, que planearam um futuro a dois. Quando Rune foi obrigado a partir, os jovens trocaram juras de amor eterno. Poppy prometeu esperar… e subitamente, deixou de dar notícias.
O que terá levado Poppy a remeter-se ao silêncio?
Como pode ela ter esquecido tudo o que viveram juntos?
Para poder avançar com a sua vida, Rune está decidido a deslindar o mistério do afastamento de Poppy. E também completar uma estranha e já antiga missão.
Mas Rune não podia adivinhar que o pior golpe ainda está para vir….
Depois de ler Mil Beijos, dificilmente irá esquecer o nome da sua autora, Tillie Cole. Vai rir, vai chorar, e vai reviver também o grande amor da sua vida…

OPINIÃO:
Iniciei esta leitura sem grandes expectativas, a verdade é que achava que seria um romance juvenil igual a muitos outros que já li, mas estava completamente errada e este livro deixou-me completamente de rastos. Eu não imaginava que seria tão bom, chorei imenso com esta leitura mas valeu a pena cada lágrima e cada momento destes dois personagens tão maravilhosos. A autora conseguiu surpreender-me imenso com todas as emoções que colocou neste livro e eu não estava nada à espera.

Neste livro a autora apresenta-nos a Poppy e o Rune, dois jovens que conhecem-se neste crianças e com os anos rapidamente a amizade passa para um romance maravilhoso. Estes dois são aquele casal que na escola todos sabem que são inseparáveis, sendo vizinhos eles cresceram juntos, viveram tudo juntos e desde jovens que acreditavam que iriam ficar juntos para sempre, ou sejam eram inseparáveis. Mas quando o pai do Rune tem que mudar de país tudo muda, eles são muito jovens e claro prometem mil e umas coisas, uma delas era falarem todos os dias. Mas novamente algo acontece e de um momento para o outro o Rune não sabe nada da Poppy, ela já não atende, soube que mudou de cidade e ele estando tão longe fica anos sem saber nada dela. Uns anos depois Rune volta à cidade onde conheceu Poppy e descobre que também ela acabou de chegar à pouco tempo, agora é a hora de descobrir segredos do passado e quando pensava que o pior já tinha passado, nada preparou-o para o que iria descobrir.

Ler este livro foi uma "montanha russa" de emoções. No início não esperava nada dele, depois fiquei curiosa para saber o que tinha acontecido e quando veio o choro e aquele aperto no coração só queria agarrar estas personagens e alterar o destino delas. Mil Beijos é uma das histórias mais lindas e românticas juvenis que já li, mas também uma das mais cruéis e diretas. Os personagens são muitos jovens e não é por isso que deixa de ser menos maravilhoso, pelo contrário, só torna tudo mais forte e até difícil. Após ler este livros li algumas opiniões que a relação deles era impossível, porque jovens desta idade não comportam-se desta maneira e tenho que dizer que podem sim, eu própria conheço um casal que hoje são maiores de idade e conheceram-se na primária e desde aí que namoram. Claro que no início era tudo uma "brincadeirinha" mas foi evoluindo tal como a história dos personagens deste livro e ainda hoje estão juntos. Por isso sim, é possível, mas admito sim que não é normal.


Quando comecei esta leitura eu não sabia nada sobre ele, apenas sabia que era um romance entre dois jovens e pouco mais e é assim que eu digo que têm que ir para conseguirem absorver todo o conteúdo fabuloso. Não queiram saber muito mais daquilo que está nesta opinião, porque afinal a verdadeira emoção desta história é conhecer página a página o que vai acontecer com estes personagens. Apenas saibam que vão ler uma fabulosa história de amor, recheadas de reviravoltas e que os personagens têm que aprender dia-a-dia com essas mudanças.

O romance entre entre dois personagens foi sem dúvida o que mais gostei. A relação deles é tão bonita e forte que sentimos realmente o que eles estão a viver. O romance é tão puro e belo que apaixona qualquer pessoa, sentimos o quanto eles lutam um pelo outro, sentimento o quanto a amizade é tão forte que depois cresce para um amor tão bonito e intenso. Percebemos rapidamente o quanto eles se amam e ver o quanto eles sofrem por este amor é algo tão bonito e forte que sendo algo que começou tão jovem eu vi em poucos livros (e como eu já disse, conheço um casal que a história começou exatamente assim, por isso sim, é possível). Eu nem tenho palavras para descrever o quanto chorei por este casal, a autora escreve de uma forma tão profunda e intensa que é completamente impossível sermos indiferentes a tudo o que acontece na vida destes jovens e sim, chorei litros, mas cheguei ao final com uma alegria enorme por ter conhecido esta história maravilhosa, que verdade seja dita ensina tanto que começamos a pensar no que é realmente importante na nossa vida. O amor destes dois é sem dúvida um dos mais lindos que já li, ambos sofrem tanto sendo tão jovens que mesmo pensando "mas são jovens, vai passar", depois vemos que o tempo apenas aumentou este sentimento e chegou a ser sufocante ler todos estes sentimentos deles.

Outro aspeto positivo que gostei imenso que a autora tenha colocado neste romance é que as personagens não são meramente dois jovens que se apaixonam um pelo outro, como qualquer pessoas, todos temos gostos diferentes de cada um e Tillie Cole soube construir a personalidade de cada personagem de uma forma magnífica. A Poppy tem uma paixão pela música e é lindo ver tudo o que o Rune faz por esta paixão dela. Ela também é uma rapariga super doce e muito positiva, talvez um pouco positiva demais, mas é tão lindo ver como ela encara a vida que é sem dúvida uma  grande inspiração. Eu admito que reclamo muitas vezes de pequenas coisas e esta história fez-me pensar inúmeras vezes se realmente é preciso reclamar ou se é melhor aproveitar tudo o que tenho de bom. Já ele, tem um especial encanto pela fotografia e também é muito encantador a forma como ele lida com esta paixão. O Rune é um jovem que torna-se um pouco difícil, ele está bastante chateado com a vida e com tudo o que levou a Poppy para longe dele e isto faz com que ele torne-se o típico "bad boy", mas novamente é lindo ver a evolução dele. Rune e Poppy juntos são tão lindos e mágicos que só tenho a dizer que o final, mesmo já esperado, foi um dos piores de digerir, mas faz sentimento para a história e mesmo tendo chorado horrores eu amei (sim já disse milhares de vezes que chorei com este livro, mas vou continuar a dizer, porque basicamente foi só isso que fiz durante esta leitura).

Também tenho que falar aqui do frasco de conserva com corações cor de rosa feitos de papel que foi dado à Poppy pela sua avó onde o objetivo é ela escrever os mil beijos do seu amado (daí o título do livro) e que foi uma das promessas mais bonitas e interessantes que já li. Logo no início do livro a avó da Poppy dá-lhe este frasco e a mensagem é tão bonita que realmente foi algo que a autora conseguiu desenvolver muito bem. É também graças a este frasco que vemos a relação da Poppy e do Rune a mudar de uma grande amizade para algo mais e eles são crianças e é tão fofo ver estes dois a conhecerem novos sentimentos nunca antes sentidos que só torna este romance mais especial, afinal o primeiro amor nunca se esquece e é verdadeiramente especial ver estas primeiras descobertas.

Para mim é um dos melhores livros que li nos últimos tempos, mas se tiver que dizer algum aspeto negativo é que é bastante previsível e alguns acontecimentos já lemos em outros livros idênticos, mas eu adorei tanto esta história porque eu amo os chamado clichés, por isso para mim não foi um problema, pelo contrário, só fez eu gostar mais. Tenho que parar de escrever sobre este livro, quando gosto de uma leitura custa-me imenso iniciar a escrita da opinião, mas depois empolgo-me que fica gigantesca, afinal de contas eu quero realmente mostrar o quanto este livro é bom e merece ser lido por muitas pessoas. Tenho a certeza que o romance da Poppy e do Rune irá ficar na minha mente durante muito tempo e que não irei esquecer tão rápido, afinal é cheios de lições que vou levar para a vida. É lindo e super emocionante e se gostam de um bom romance que irá prender do início ao fim e que vos fará chorar litros, então peguem rapidamente neste que não se vão arrepender. 

Leitura com o apoio:

Sem comentários:

Publicar um comentário

Aqui podem deixar todos os comentários e prometo que responderei o mais rápido possível.

Comentários que não são construtivos não serão aceites.