18/07/2016

Opinião | "Salva-me" de Maya Banks

Título: Salva-me
Autor: Maya Banks
ISBN: 9789898843548
Edição ou reimpressão: 07-2016
Editor: TopSeller
Idioma: Português
Dimensões: 149 x 229 x 25 mm
Encardenação: Capa mole
Páginas: 368
Coleção: Slow Burn

Sinopse: Abandonada à porta de um casal milionário e influente quando era apenas um bebé, Arial Rochester cresceu num mundo cheio de privilégios, sem qualquer ligação à sua família biológica ou ao seu passado.
Algo único diferenciava-a das pessoas que conhecia, e também a isolava: o poder psíquico que possuía e do qual ninguém, além dos pais adotivos, tinha conhecimento.
Embora solitária, Arial tinha uma vida calma e feliz até os seus pais adotivos desaparecerem e Beau Devereaux entrar na sua vida.
Contratado por Arial, Beau é surpreendido pelo desejo avassalador que sente pela sua cliente. O que começa como um simples trabalho de segurança, rapidamente se transforma em algo pessoal, e Beau descobre que está disposto a tudo para a proteger. Mesmo que isso lhe custe a própria vida.
Salva-me tem um pulsar intenso que perpassa toda a história. Uma leitura arrebatadora e compulsiva.

Opinião:
Salva-me é um livro que eu estava ansiosa para ler, eu gostei imenso do primeiro e precisava de ler o segundo e tenho a dizer que este segundo conquistou-me ainda mais do que o primeiro. Antes de mais tenho que dizer que não compreendo porque é que esta série continua a ser catalogada como romance erótico, eu não considera esta série como erótica porque a base principal não é as cenas de sexo, mas sim todo o drama paranormal dos personagens, no livro encontramos cerca de 2 cenas sensuais e nem são assim tão descritivas, achei bastante simples e normais considerando outros livros que já li. Assim, para mim é romance paranormal, o principal são os poderes que estes personagens têm e toda a história por detrás deles. Por isso não se deixem enganar pelo rótulo de romance erótico, caso não gostem deste género dêm uma oportunidade a esta série que acreditem que não se vão arrepender.

Relativamente à história deste livro, nele conhecemos a Ariel, uma jovem que cresceu numa família bastante abastada, mas recheada de amor. Desde cedo que descobriu que tinha poderes psíquico, mas ao longo que foi crescendo habituou-se a escondê-los e hoje vive uma vida normal e trabalha como professora. Mas quando é atacada ela é obrigada a usar os seus poderes e um vídeo dela a usá-los vai parar à internet e a partir daí ela é notícia por todo o lado. Por causa disso os seus pais são raptados e ela vê-se sozinha e desamparada e vai ao único local que o seu pai lhe disse para ir se algo acontece-se. Arial vai pedir ajuda à empresa do Beau Devereaux para encontrar os seus pais e a partir daqui gera uma onda de acontecimento.

Mais uma vez Maya Banks surpreendeu-me imenso, soube cativar e envolver numa história recheada de ação e romance. O primeiro já tinha sido bom, mas este segundo foi ligeiramente melhor porque teve mais ação e a personagem principal mostrou o máximo dos seus poderes, o que deu para ver o quanto poderosa ela é. Sobre as personagens principais tenho apenas a dizer que adorei ambas.

O Beau já se conhecia do livro anterior, mas sendo este o seu livro é aqui que o conhecemos melhor e nota-se o quanto estes irmãos são protetores e sentem a necessidade de proteger quem amam, já o irmão do livro anterior era assim e o Beau não fica atrás. Mas é uma proteção boa sem exageros, afinal ele sabe que a qualquer momento os seus poderes podem fazer algo grave no seu corpo e ele protege-a de tudo e de todos, incluindo dos próprios irmãos. O Beau é daquele tipo de homem que mostra-se forte e destemido em frente às pessoas, o que deve-se principalmente ao seu trabalho e ele tem que ser assim, mas ao mesmo tempo também sabe ser gentil e carinhoso quando é necessário, tornando-o assim num personagem maravilhoso que me cativou imenso. Já a Ari é uma jovem doce, um pouco ingénua por vezes e mimada, não é fútil, mas devido à forma como ela foi criada (em casa para que ninguém descobrisse os seus poderes) sempre lhe fizeram as vontades, tornando-a assim demasiado impulsiva e quando queria algo ela não pensava nas consequências, mas é uma personagem que faz de tudo para conseguir salvar os pais que tanto ama. Estes dois personagens juntos são lindos, um completa o outro e o romance que é desenvolvido é bastante bonito e sincero, o que fez que me apaixonasse ainda mais por este casal.

Mas ao longo do livro ficamos a conhecer mais do que apenas o romance entre estes dois personagens, temos toda a descoberta da Ari por o que ela consegue alcançar com os seus poderes, mas também sobre o passado dela e sobre o passado da família Devereaux, ficamos a saber no que o pai quando era vivo estava metido e que não era "flor que se cheire" pois estava metido em negócios estranhos.

Também tenho que salientar que todo o drama paranormal foi fabuloso. Neste livro a autora esmerou-se, temos cenas de ação fabulosas que me prenderam ao livro de uma forma que eu não consegui deixar o livro e, sem querer dar spoilers, a cena final é algo sensacional! O único aspeto que não gostei foi que o romance foi demasiado rápido, apenas alguns dias após de se conhecerem já diziam que se amavam. Quando se conheceram houve uma química e uma enorme atração entre ambos e isso eu gostei, mas estarem apaixonados apenas uns dias depois achei demasiado forçado por parte da autora, mas de resto gostei imenso de tudo.

A escrita de Maya Banks, como sempre é bastante envolvente, mas de certa forma simples, mas tenho que dizer que neste livro, devido às cenas paranormais, a autora levou a sua escrita a um novo patamar e conseguiu descrever maravilhosamente as todas as cenas mais fantástica e de ação. Neste livro, a autora também conseguiu emocionar-me com o aspeto familiar, mas também ficar tensa nos momento mais dramáticos ao ponto de me perguntar se iria correr tudo bem e admito que cheguei ao ponto de ficar bastante preocupada com o que iria acontecer. Concluindo, é um livro maravilhoso, com uma romance bastante intenso, mas principalmente com bastante ação e com um drama paranormal fantástico que a autora conseguiu desenvolver maravilhosamente bem. Não fiquem reticentes por estar na categoria "romance erótico" porque de erótico tem pouco, mas sim um romance paranormal cheio de ação que acredito que muitos vão adorar tal como eu.

Livro anterior:

Leitura com o apoio:

Sem comentários:

Publicar um comentário

Aqui podem deixar todos os comentários e prometo que responderei o mais rápido possível.

Comentários que não são construtivos não serão aceites.