05/06/2015

Lançamento | "O Beijo do Highlander" de Karen Marie Moning

Título: O Beijo do Highlander
Autor: Karen Marie Moning
Editor: Saída de Emergência
Chancela: Chá das Cinco
Data 1ª Edição: 03/07/2015
ISBN: 9789897101670
Nº de Páginas: 320
Dimensões: [160x230]mm
Encadernação: Capa Mole

Sinopse: Ele desafiaria os limites do tempo por uma noite nos braços dela… 
Exausta do trabalho e saturada do quotidiano, Gwen Cassidy decide marcar a viagem dos seus sonhos para as verdes Highlands da Escócia. Mas a esperança de encontrar o homem dos seus sonhos desvanece quando percebe que a sua viagem não passa de uma excursão de idosos. Frustrada, decide deambular sozinha pelas colinas de Loch Ness, onde acaba por escorregar e cair numa caverna há muito abandonada. Nessa caverna, jaz Drustan Mackeltar, um lorde escocês adormecido por um feitiço há quinhentos anos. Apesar de completamente atordoado pelas novidades do mundo moderno, Drustan começa a desenvolver um sentimento complexo pela fascinante personalidade de Gwen. Ela é irreverente e impulsiva, tão diferente de todas as mulheres que já conheceu! Quando Gwen decide ajudar Drustan a regressar ao século XVI e a desmascarar aqueles que interferiram com o seu destino, terá de decidir: estará preparada para conhecer um novo mundo onde ser mulher é algo completamente diferente daquilo a que está habituada?

Lançamento: 3 de Julho

A Autora:

Karen Marie Moning nasceu em Cincinnati, Ohio, uma de quatro crianças. Graduou-se pela Universidade de Purdue com um Bacherlato em Lei e Sociedade. Depois de uma década a trabalhar no ramo da advocacia, ela deixou o seu trabalho para perseguir o sonho de ter uma carreira como escritora. Quatro manuscritos e inúmeros trabalhos em part-time mais tarde, O Beijo do Highlander foi publicado e nomeado para os prestigiados prémios RITA. As suas histórias já foram publicadas no The New York Times, USA Today e apareceram nas listas de bestseller do Publisher´s Weekly.Karen conheceu o seu marido Neil numa viagem à Giorgia, de visita ao seu agente. Ele partilha com ela o seu amor por livros e colecciona primeiras-edições de livros de capa dura. Casaram-se em 2005 e agora partilham prateleiras de livros e uma vista de cortar a respiração na sua nova casa, nas montanhas de Blue Ridge.O dia de escrita ideal para Karen começa às 4:30 da manha "quando tudo está tão calmo que quase acredito ser a única pessoa no mundo". Ela faz uma pausa de algumas horas para almoço e depois edita o que escreve durante a tarde. Quando lhe perguntamos sobre conselhos para aspirantes a escritores ela acrescenta à famosa frase: trabalha como se não precisasses de dinheiro, ama como se nunca tivesses sido magoado, e dança como se não estivesse ninguém a ver - "escreve como se não houvesse críticos".

Uma Novidade:

Sem comentários:

Publicar um comentário

Aqui podem deixar todos os comentários e prometo que responderei o mais rápido possível.

Comentários que não são construtivos não serão aceites.