25/01/2018

Opinião | "Uma Duquesa (Im)Perfeita" de Tessa Dare

Título: Uma Duquesa (Im)Perfeita
Autor: Tessa Dare
ISBN: 9789898869531
Edição ou reimpressão: 10-2017
Editor: TopSeller
Idioma: Português
Dimensões: 149 x 228 x 21 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 304

Sinopse: Spindle Cove é uma pequena vila de jovens solteiras. O sítio perfeito para encontrar uma noiva. Griffin York, o Duque de Halford, não tem qualquer intenção de se casar, mas a sua diabólica mãe obriga-o a escolher uma noiva entre as jovens de Spindle Cove. Griff decide dar uma lição à mãe que acabará de vez com a sua obstinação: a jovem que escolhe para casar é uma criada.
Pauline Simms é uma mera criada, mas tem sonhos mais altos, que não envolvem casar. É, por isso, a escolha perfeita para o duque de Halford.
Sobrecarregada de trabalho e vivendo com dificuldades, Pauline sonha deixar de ser criada e abrir uma biblioteca, o que parece poder tornar-se realidade quando Griff lhe propõe uma pequena fortuna por uma simples missão. Terá de submeter-se ao «treino para duquesa» da mãe e… falhar redondamente. Conseguirão eles manter-se fiéis às suas convicções?
Griff nunca pensou que Pauline, uma mulher tão imperfeita à primeira vista, fosse, afinal, tão corajosa e encantadora. Já Pauline está determinada a ser um completo fracasso perante a sociedade londrina, mas é-lhe difícil ceder aos encantos do duque.
Serão eles capazes de resistir às reviravoltas do destino?

OPINIÃO:
Sabem aquele livro romântico e divertido que lêm de uma vez só e que prende da primeira à última página? Tessa Dare é assim e Uma Duquesa (Im)Perfeita foi sensacional. Esta autora já habituou-me a livros perfeitos, mas a cada novo livro surpreendo-me cada vez mais e Tessa Dare já é uma das autoras que está na minha lista de favoritas e que sem dúvida quero ler tudo o que escrever.

Neste livro conhecemos a Pauline, uma jovem que trabalha em Spindle Cove, mas tem um grande sonho que, ao contrário das outras jovens daquela época, não é casar, mas sim abrir um negócio seu, mais propriamente uma biblioteca. Também nesta história conhecemos o Griff que é um Duque, ele nunca quis casar, mas quando chega a Spindle Cove vê-se numa armadilha da mãe onde ela obriga-o a escolher uma noiva entre as mulheres presentes. E é aqui que os dois personagens se encontram, Pauline trabalha no estabelecimento onde estavam e Griff escolhe-a, afinal a mãe não disse quem deveria ser e acredita plenamente que a ela não vai gostar desta ideia e acabar com esta loucura. Já a Pauline aceita porque vê que é a oportunidade perfeita para ter o dinheiro que tanto precisa para abrir a sua tão sonhada biblioteca.

Eu tenho que dizer já que adorei imenso esta história, verdade seja dita que eu amo esta autora e de todos os que já li, não houve um livro que não tivesse gostado, mas achei que este superou, a autora esmerou-se principalmente na criação destes personagens. Claro que a típica história de empregada pobre que casa com o rico não é nova, mas Tessa Dare desenvolveu algo novo, criativo e além disso super divertido que fez com que esta história fosse mais além.


Eu adoro todos os livros desta autora, mas esta série é especial, não sei explicar ao certo, mas o ambiente desta vila maravilhoso, é super interessante e as mulheres daqui são decididas e muito fortes, o que torna estas histórias bastante cativantes. A história está recheada de diálogos divertidos e inteligentes que deixa o leitor a rir durante bons momentos com os personagens, mas a autora também mostra todas as suas capacidades. Fora que Tessa Dare é mestre nas cenas sensuais, recheadas de muita paixão e desejo, mas sem ser vulgar.

Mais uma vez a autora mostra uma mulher forte e decidida que não precisa obrigatoriamente de um homem. A Pauline, mesmo sendo pobre ela é bastante inteligente mas acima de tudo muito determinada e corajosa e mesmo querendo alcançar os seus objetivos por si mesma aceita este desafio porque sabe que é a maneira mais rápida de ter o que sonha. Quando comecei esta leitura não estava à espera de gostar tanto desta personagem, mas a verdade é que identifiquei-me em certos pontos com ela e emocionei-me imenso ao longo do livro.

O personagem masculino, também ele é maravilhoso. Esta autora tem uma capacidade divinal de criar homens que são tão intrigantes, mas ao mesmo tempo tão diferentes uns dos outros que é uma grande surpresa ao conhecer um novo. O Griff é um homem que esconde algo trágico no seu passado, mas quanto mais o conhecemos, mais o entendemos e compreendemos as suas atitudes e pouco a pouco vai nos cativando.

Tessa Dare escreve maravilhosamente bem, não só cativa desde o início e prende o leitor, como é super agradável e é ideal para quem gosta de romances históricos bastante divertidos e românticos com um toque sensual. Mais uma vez esta autora surpreendeu-me e continua como uma das minhas favoritas, ela sabe construir uma história bem elaborada, com personagens interessantes, mas principalmente sabe criar um enredo bastante sólido com uma pitada de criatividade. Este livro é uma leitura super rápida, divertida e agradável que quando o terminei só queria mais e por isso só posso dizer, se gostam de bons romances e nunca leram Tessa Dare, então têm que dar uma oportunidade, acreditem que não se vão arrepender!

Opinião dos livros anteriores desta série:

Leitura com o apoio:

Sem comentários:

Publicar um comentário

Aqui podem deixar todos os comentários e prometo que responderei o mais rápido possível.

Comentários que não são construtivos não serão aceites.