05/05/2017

Opinião | "O Universo nos Teus Olhos" de Jennifer Niven

Título: O Universo nos Teus Olhos
Autor: Jennifer Niven
ISBN: 9789896652005
Edição ou reimpressão: 03-2017
Editor: Nuvem de Tinta
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 229 x 28 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 408

Sinopse: Libby, outrora a rapariga mais gorda da América, conseguiu finalmente ultrapassar o desgosto causado pela morte da mãe e está pronta para voltar a viver.
Jack é o típico rapaz popular do liceu, no entanto tem prosopagnosia e não consegue reconhecer caras. 
Quando o destino os une a solidão que cada um sente dá lugar a sentimentos muito diferentes… 
Uma história de superação e de um amor verdadeiro e invulgar que nos devolve a esperança no mundo, em nós e no outro.

OPINIÃO:
Assim que foi divulgado este livro eu estava com altas expectativas, eu gostei de Fala-me de um Dia Perfeito, mesmo tendo alguns problemas eu gostei e por isso eu queria imenso ler este. Os temas que o livro trata eram interessantes e estava curiosa para ver como a autora ia desenvolve-los, mas a verdade é que tive alguns problemas com o livro, realmente houve alguns pontos positivos, mas no geral achei que a autora não conseguiu transmitir como deve ser o que queria e não alcançou as minhas expectativas.

O Universo nos Teus Olhos conta-nos a história da Libby, já foi considerada a rapariga mais gorda da América, mas agora ela emagreceu, ainda tem excesso de peso, mas nada comparado ao que era e está pronta para voltar à escola. Claro que a sua volta à escola não é fácil, ela tem que ultrapassar o bullying e tem que voltar a adaptar-se a todo o meio escolar. É lá que ela conhece o Jack, um rapaz popular que esconde um segredo de todos, incluindo da sua família, mas vão-se apoiar um do outro nos momentos mais difíceis e claro que vai surgir algo entre eles.

Neste livro a autora fala sobre bullying, obesidade e uma doença bastante estranha que eu não conhecia e fiquei bastante curiosa para ir saber mais sobre esta. Eu gostei dos temas que a autora tratou, principalmente a doença do Jack, era algo que eu nunca tinha ouvido falar e foi interessante conhece-la. Também gostei imenso da personalidade da Libby, ela já sofreu imenso, mas conseguiu ultrapassar isso e tem uma auto-estima tão grande que é bastante inspirador. A autora mostrou de uma forma leve e descontraída todos os problemas da obesidade e o que isso pode trazer, o que deixa uma mensagem bastante poderosa sobre este tema e isso eu também gostei imenso. O romance foi fofinho e até posso dizer que gostei, ambos apoiaram-se um no outro devido aos seus problemas e isso fez aproximarem-se, o que fez que eu tenha gostado. Mas a verdade é que o livro também tem aspetos que eu não gostei assim tanto.

A história foi interessante, mas a verdade é que a autora não foi pelo melhor caminho, na minha opinião deveria ter focado em apenas um dos problemas, ou o da Libby ou a doença do Jack, acho que foi muita informação para apenas um livro e isso só fez com que ficasse confuso e ambas as partes pouco desenvolvidas. No caso da Libby houve algumas situações que realmente era improvável ela ter feito, tudo bem que é ficção, mas ficou demasiado irrealista, porque afinal de contas a Libby perdeu imenso peso, mas ainda tem excesso de peso e nunca conseguiria fazer algumas das cenas que aqui aparecem. Também no caso do Jack achei irrealista que ninguém da sua família nunca soubesse da sua doença, afinal de contas não é algo que ele consiga esconder facilmente e no livro mostra que ele conseguiu e não gostei, afinal de contas a sua família não era disfuncional, pelo contrário e por isso seria impossível eles não perceberem e o Jack esconder por tanto tempo, principalmente no início da doença.

Uma das críticas que eu fiz a Fala-me de Um Dia Perfeito é que a autora foi demasiado realista com os fatos e achei que poderia ter amenizado um pouco a informação, mas neste livro a autora fez exatamente o oposto, ela foi demasiado irrealista, romantizou demais os temas, tornando-os banais e infantis, o que desiludiu-me imenso. Eu estava à espera de algo intermédio, onde pudesse transmitir a mensagem de uma forma leve e descontraída, mas verdadeira na mesma e infelizmente não foi isso que aconteceu.

Mesmo assim eu quero ler mais da autora, Jennifer Niven tem uma escrita tão leve, descontraída e cativante que é ideal para os jovens, ela traz temas fortes que dão que pensar  sem dúvida que estou com curiosidade para saber o que ela vai escrever no futuro. O Universo nos Teus Olhos traz temas interessantes que considero importantes e que devem ser lidos pelos jovens, pode não ter sido desenvolvido da melhor maneira, mas envolve, cativa e no final deixa a sua mensagem de forma bastante clara.

Leitura com o apoio:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Aqui podem deixar todos os comentários e prometo que responderei o mais rápido possível.

Comentários que não são construtivos não serão aceites.