14/11/2016

Opinião | "Sete Dias para se Apaixonar" de Tessa Dare

Título: Sete Dias para se Apaixonar
Autor: Tessa Dare
ISBN: 9789728592189
Edição ou reimpressão: 10-2016
Editor: TopSeller
Idioma: Português
Dimensões: 149 x 228 x 22 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 320

Sinopse: Spindle Cove é uma vila para donzelas em risco de serem seduzidas pelos cavalheiros errados, já que se tornou também o lar de uma pequena milícia de soldados incorrigíveis. Estão reunidos os ingredientes para um verdadeiro escândalo.
Minerva Highwood, uma inteligente e determinada geóloga, habitante de Spindle Cove, está a planear uma viagem à Escócia para apresentar uma grande descoberta num simpósio de relevo. Mas uma mulher solteira e de boas famílias não pode viajar sozinha. E só uma pessoa a poderá ajudar.
Lorde Colin Payne, um conhecido libertino, está ansioso por voltar a Londres, agora que a guerra acabou. Porém, sem dinheiro, não tem como sair da vila. Minerva Highwood tem a solução para o seu problema, mas para isso ele terá de a acompanhar até Edimburgo.
Estes parceiros improváveis embarcam numa viagem de quase 700 quilómetros, tentando convencer as respetivas famílias de que estão apaixonados e que fugiram para casar. Ao longo de sete dias, eles terão de partilhar uma carruagem e… uma cama, sem se matarem. Será que vão conseguir chegar ao destino inteiros? Ou ficarão perdidos de amor pelo caminho?

Opinião:
Sete Dias para se Apaixonar é o segundo livro da série Spindle Cove e se o primeiro já tinha sido bom, este foi maravilhoso. A autora consegue escrever histórias simples, mas recheadas de drama e com personagens bastante fortes que faz com que seja uma leitura fantástica.

Neste livro conhecemos a Minerva Highwood, uma jovem bastante inteligente que acaba de fazer uma grande descoberta geológica e quer divulga-la num simpósio na Escócia, mas uma mulher desta época não pode fazer uma viagem destas sozinha. Então ela pede ao libertino Colin Payne que a acompanhe em troca de lhe dar o prémio monetário que ela tem a certeza que vai ganhar. Ela sabe as consequências desta viagem, mas ela prefere abdicar da sua reputação a não mostrar o que descobriu.

As personagens são fantásticas, a Minerva é uma jovem bastante inteligente que usa óculos e prefere os livros e os estudos à sociedade. Ela não tem problemas em mostrar o que gosta e por isso ela é considerada diferente e não é vista com os melhores olhos pelos homens, até a própria mãe acredita que ela será uma solteirona e é por isso que Minerva faz o acordo com o Colin, ela sabe que quando voltar da viagem vai vir completamente arruinada, mas ela não se importa, afinal ela pensa que nunca irá casar e por isso não se importa. Já o Colin é um jovem que sofreu um grande trauma no passado e por isso ele tem alguns demónios que não consegue ultrapassar. Ele é um completo libertino que só quer mulheres, diversão e assim tentar esquecer o seu passado. Mas numa noite aparece-lhe a porta uma jovem que lhe faz a proposta mais absurda, leva-la à Escócia e ele fica com o prémio. Colin tem algumas regras e sabe que não as pode quebrar, mas a força e determinação de Minerva faz com que ele aceite e entre nesta viagem.

O livro é basicamente passado na estrada em direção à Escócia e durante este tempo eles vão ter imensas aventuras e arranjar maneira de as pessoas os ajudarem. Eles passam por situações que só lendo mesmo, algumas bastante estranhas,, mas outras bastante divertidas. Uma coisa é certa, esta viagem não é monótona e é sem dúvida inesquecível. Durante estes dias na estrada eles vão aprendendo mais sobre cada um e começam a desenvolver uma atração que irá alterar a visão dos dois. No início a Minerva deixa-se levar apenas com o pensamento que ela já está arruinada e por isso mais vale aproveitar. Já o Colin tenta de tudo ficar longe da Minerva, mas quanto mais ele a conhece mais admirado fica com ela e não lhe consegue resistir. E assim fez com que me apaixona-se completamente por estes dois, no início  começam por andar às turras, depois uma bela amizade começa a nascer neles, mas rapidamente algo mais desenvolve-se e ficamos completamente rendidos a estes dois.

Ao longo do livro também vemos o quanto eles mudam, a visão do mundo altera-se e passam a querer mais do que aquilo que eles pensavam que queriam. Todas as inseguranças e medos de Minerva começaram a diminuir e ela começou a acreditar mais em si mesma, não como geóloga, nesta área ela sabe que era boa, mas sim como mulher, ela passou a ver-se com outros olhos e a deixar de lado todas as suas reservas. O Colin pouco a pouco vai tentar ultrapassar o que viveu no passado que é algo que não é fácil, pelo contrário, é bastante traumático e aconteceu quando ele era bastante jovem e a Minerva vai ajudá-lo a ultrapassar. Os momentos dos dois juntos são lindos e emocionantes, ele a tentar mostrar o lado mais feminino dela e a Minerva a fazer com que ele compreenda que existe mais do que a libertinagem e que pode ter um futuro.

 A escrita da Tessa Dare é novamente impecável, trazendo o essencial à história e desenvolvendo uma trama interessante, cativante, divertida e bastante romântica. E a autora ainda conseguiu mostrar um bocadinho do que poderemos esperar do próximo livro o que fez com que chegasse ao fim bastante desejosa de ler o próximo. Tessa Dare voltou a arrasar e não me desiludiu, este é um dos géneros de livros que eu mais gosto e esta autora consegue desenvolver histórias tal como eu amo, recheadas de aventuras, dramas e um romance bastante intenso e bem escrito. Quem gosta deste género tem que ler Tessa Dare, é uma autora que acredito que não vos vai desiludir.  

Opinião do livro anterior:

Leitura com o apoio:

Sem comentários:

Publicar um comentário

Aqui podem deixar todos os comentários e prometo que responderei o mais rápido possível.

Comentários que não são construtivos não serão aceites.