13/04/2016

Opinião | "Amar Novamente" de Diana Mendes

Título: Amar Novamente
Autor: Diana Mendes
Editor: Chiado Editora
Data de publicação: Agosto de 2015
Número de páginas: 266
ISBN: 978-989-51-4994-0
Colecção: Viagens na Ficção
Género: Romance
Idioma: Português
Dimensões: 141 x 219 x 18 mm
Encadernação: Capa mole

Sinopse: Alexandre não passa do maior Playboy da escola mas também o melhor jogador de basquetebol da Universidade de Barcelona. Um jovem de vinte e dois anos, muito apegado a família, corajoso e independente. 
Anaid é uma jovem sensível e linda, que luta todos os dias para superar os seus medos. Infelizmente, o passado está sempre a espreita e para abrir seu coração terá que lidar com seus medos e aprender a dizer “adeus”. 
Aprender a amar de novo será sua grande luta e talvez seu maior erro. 
“Afinal, se coisas boas se vão é para que coisas melhores possam vir. Esqueça o passado, desapego é o segredo” – Fernandes Pessoa

Opinião:
Assim que vi este livro eu fiquei interessada devido à capa super linda eu eu adorei, mas a sinopse também agradou-me. Estava à espera de um romance fofinho e que me cativasse, mas no fim desiludiu-me imenso. Eu já escrevi aqui no blogue que para mim os livros não precisam de estar super bem escritos e serem uma obra de arte, durante muitos anos eu só lia fanfics atrás de fanfics e o que me cativava era a história e as personagens, não ligava para se era bem escrita ou não, mas infelizmente neste livro nem isso conseguiu-me agradar e foi uma enorme desilusão.

Amar Novamente conta a história da Anaid que é uma jovem que infelizmente perdeu os seus pais quando era muito nova e nunca conseguiu ultrapassar essa tragédia e cresceu com medo e por isso não é muito social. Mas agora ela está prestes a ir para a faculdade e vai reencontrar a sua melhor amiga, que devido a ter mudado de casa, ficou durante anos sem estar com ela. Quando elas chegam a faculdade vão dividir o apartamento com dois rapazes e claro ela vai se apaixonar por um deles, o Alexandre.

Não gostei do livro, porque primeiro a escrita está horrível, os diálogos têm os nomes das personagens atrás como se fosse teatro e não é essa a intenção, não percebi, acho que foi apenas para facilitar e não gostei, ou seja, é uma escrita pobre e bastante fraca. Também na escrita ora temos em português do Brasil, ora temos em português de Portugal, na biografia da autora vi que ela era de Portugal e por isso não sei o porquê de ter frases em brasileiro. Além de que em quase todos os parágrafos existe erros ortográficos, eu nem sou de ligar muito para isso, mas eram tão maus que influenciavam a leitura.

Outro aspeto negativo é que as personagens não era concisas, ora diziam uma coisa ora estavam a dizer outra completamente diferente que mudava a história e não batia certo com o que tinham dito antes. Outra coisa que me desagradou é que foi o instalove mais rápido que vi num livro e foi completamente falso, eu gosto de romances de "amor à primeira vista", mas quando têm uma história sólida e bem desenvolvida e não é nada disso que acontece neste livro.

Para concluir, o livro falta-lhe muito trabalho, precisava de ser mais desenvolvido e principalmente uma excelente revisão, pois acredito que não teve, qualquer pessoa que leia o livro vê aqueles milhares de erros ortográficos. Depois estava à espera de pelo menos ter um bom final e nem isso acontece, fiquei bastante desiludida, pois no final eu pensei bem e vi que se a autora tivesse trabalhado na história durante pelo menos mais seis meses ela conseguia ter um bom livro, pois a base do que ela pensou e todo o drama que tentou colocar no decorrer da ação, era interessante, mas não conseguiu alcançar o seu objetivo. Estava a espera de uma boa história e a premissa era interessante, mas infelizmente não me agradou.
Leitura com o apoio:

Sem comentários:

Publicar um comentário

Aqui podem deixar todos os comentários e prometo que responderei o mais rápido possível.

Comentários que não são construtivos não serão aceites.