30/05/2015

Opinião | "Quatro - Histórias da Série Divergente" de Veronica Roth

Título: Quatro - Histórias da Série Divergente
Autor: Veronica Roth
Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 208
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04725-0
Faixa etária: dos 14 aos 18 anos
Idioma: Português
Dimensões: 153 x 235 x 16 mm
Encadernação: Capa mole

Sinopse: Dois anos antes de Beatrice Prior ter feito a sua escolha, o filho de 16 anos do líder dos Abnegados fez o mesmo. A transferência de Tobias para os Intrépidos é a última oportunidade para um recomeço. Na nova fação não será conhecido pelo nome que os pais lhe deram, pois não permitirá que o medo o reduza a uma criatura indefesa. 
Agora conhecido como "Quatro", Tobias depressa descobre que os Intrépidos foram a opção certa. No entanto, a Iniciação é apenas o começo, pois Quatro terá de conquistar o seu lugar na hierarquia da nova fação. As suas decisões afetarão futuros Iniciados, além de deixarem a descoberto segredos que poderão ameaçar o seu próprio futuro - e o futuro de todo o sistema de fações. 
Dois anos depois, Quatro quer intervir, mas hesita no caminho a seguir. A primeira pessoa a saltar para a rede pode mudar tudo. Com ela, a solução para mudar o mundo pode tornar-se mais clara. Com ela, ser simplesmente Tobias volta a ser uma possibilidade. 
Para os fãs da saga Divergente, pela autora bestseller do New York Times Veronica Roth, surge Quatro, um volume complementar que inclui quatro novas histórias anteriores à narrativa principal e três cenas exclusivas de Divergente - todas contadas do ponto de vista de Tobias Eaton.

Opinião:

Sabiam que a série Divergente inicialmente era para ser contada na versão do Tobias? É verdade, mas a autora disse neste livro que achou que o Tobias/Quatro não era o narrador ideal para a história e que só quatro anos depois é que "descobriu a personagem certa". Mas na minha humilde opinião foi o pior que a autora fez, ou então não, pois ainda poderia escrever o mesmo que escreveu sobre a Tris e isso é que não (não digo mais nada para não dar spoilers).

Mas, voltando ao livro "Quatro" digo já que foi o melhor livro de toda a série, o Quatro sempre foi a minha personagem favorita e sempre desejei saber mais sobre o passado dele e conhecer toda a sua história e este livro deu para matar um bocadinho da curiosidade, mas cheguei ao fim e só queria mais, queria voltar a reler toda a trilogia, mas agora na versão do Tobias, queria conhecer todos os pormenores da vida dele e saber cada pequeno detalhe do que ele passou.

Este livro traz-nos três contos/histórias que passam-se antes do livro Divergente, um conto/história que já ocorre durante o livro Divergente e o Tobias já conhece a Tris, mas que não temos conhecimento no primeiro livro e ainda temos três pequenas cenas que também decorrem durante Divergente e já conhecemos na versão da Tris, mas agora contada pelo Tobias. São pequenas histórias que vieram completar na perfeição a série, mas que no final soube a pouco, o livro é tão bom que ficamos com pena de não ter mais, pois aqui temos a oportunidade de conhecer verdadeiramente o Tobias e tudo o que ele passou de uma forma crua e verdadeira, fazendo com que aqueles leitores que já gostavam dele, após este livro vão ficar completamente rendidos e a amá-lo ainda mais.

Quem já leu a trilogia Divergente sabe o passado do Tobias, mas ler algumas das coisas pelo que ele passou com o pai e ver como ele era e o que ele se tornou, ficamos ainda com mais orgulho daquela personagem tão maravilhosa, sim o Tobias é maravilhoso, e desculpem dizer isto, mas depois de tudo o que ele passou como é que a Veronica Roth pode fazer aquele final em Convergente? Foi maldade, afinal ele voltou a sofrer e não merecia, mas pronto, depois deste livro e de conhecer ainda melhor o Tobias só fiquei ainda com mais raiva da autora.

Quem ainda não leu este livro o que está à espera, a sério, é simplesmente magnifico e sim, na minha opinião foi bem melhor que qualquer outro da trilogia, pois aproximou-me ainda mais do meu personagem favorito e deu-me a oportunidade de concluir definitivamente a minha opinião de ódio pela autora e por favor, quem apoia o que a escritora fez no último livro não venha dizer que eu estou errada, afinal de contas é a minha opinião e sim, eu não gostei do que ela fez, não pela Tris (afinal nunca gostei muito dela), mas pelo Quatro!

Aconselho a todos os fãs da série que desejam saber um pouco mais sobre uma das melhores personagens de toda a trilogia Divergente e que desejam concluir esta história da melhor forma, acabamos a suspirar e a desejar mais *.*

Classificação: 5 Estrelas

2 comentários:

  1. Eu comprei assim que saiu ; e gostei bastante. Fiquei realmente furiosa com o final da trilogia, por toda a historia Tobias/Tris ter terminado daquele modo, mas não se pode fazer nada contra isso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exacto, mas é tão irritante aquele final =(
      beijinhos

      Eliminar

Aqui podem deixar todos os comentários e prometo que responderei o mais rápido possível.

Comentários que não são construtivos não serão aceites.